Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Oslo - Noruega

Eis que chega a primeira viagem do Quarteto Brasileiro, não somos atacantes da seleção brasileira mas damos nossos chutes também.



Nosso destino foi Oslo - Noruega, saímos de Dublin no dia 09 de Dezembro as 7:55 da manhã. Foram aproximadamente duas horas de vôo, muito tranquilo e vazio, pois tinha apenas 26 pessoas, em um avião com capacidade para 198. Parecíamos quatro crianças viajando pela primeira vez.



Acredito que a paisagem é que fez isso com a gente.




















Chegamos em Oslo por volta das dez horas da manhã e nos encaminhamos a central de informação turística, após fomos deixar as mochilas no Hostel para começar a caminhada pela cidade. Durante o passeio aproveitamos as poucas horas de sol que teríamos, pois 15:30 ja começa a anoitecer, para tirarmos algumas fotos.



















Durante a caminhada experimentamos uma versão Norueguesa do quentão brasileiro, eles chamam de Glögg, o qual foi muito bem recebido devido ao frio. Os ingredientes são basicamente os mesmos, vinho tinto, açúcar, especiarias como canela, cravo gengibre, podendo ser misturado com vodka ou conhaque.


Com os motores aquecidos fomos fazer nossa aventura, patinar no gelo. Nunca tinha patinado na vida, seja patins ou roler, no gelo então sem comentários. Foi uma experiência dolorida e divertida, mesmo caindo várias vezes valeu a pena.

















Para esquecer os tombos fomos visitar o Ice Bar, como o nome diz é um Bar de Gelo, toda a estrutura interna do bar é feita em Gelo, mesas, bancos, paredes, balcão e os copos.

















Ao anoitecer fomos para o Hostel jantar e descansar um pouco, essa seria a intenção mas não foi o que aconteceu, após o jantar começamos a tomar run e conversar, quando duas Alemãs (Lara e Sarah) que estavam hospedadas no hostel desceram para a cozinha e juntaram-se a nós, e assim ficamos bebendo e conversando até as duas da manhã.



Na manhã seguinte, digo, na tarde seguinte, fomos conhecer a Opera House Teatro Nacional da Noruega. O edifício está situado no bairro Bjørvika do centro de Oslo, a estrutura contém 1.100 salas em uma área total de 38.500 m2. O principal auditório tem 1.364 lugares e outros dois espaços de performance que pode acomodar 200 e 400. As superfícies em ângulo exterior do edifício são cobertos com mármore italiano e granito branco que fazem parecer que o prédio surge da água.



Depois fomos visitar alguns museus, mas infelizmente todos ja estavam fechados, assim sendo retornamos ao Hostel pois tínhamos conhecido mais uma Alemã (Dani) e uma Francesa (Jennifer) no hostel, e combinamos de todos se encontrarem na sala de estar para conversar. E assim seguiu mais uma noite com muitas risadas e claro praticando muito inglês.



No terceiro dia em Oslo, conseguimos visitar os museus e com certeza valeu a pena. O primeiro foi o Viking Ship Museum, onde vimos:



Oseberg Ship, ele tem 21,58 metros de comprimento com 5,20 metros de largura, sua estrutura é feita quase toda de carvalho, possui 15 pares de buracos para remos, sua construção data do ano de 834.


Gokstad Ship, ele não foi projetado para longas viagens, mas para a guerra, o comércio e o transporte de pessoas e carga. O navio possui 23,24 m de comprimento e 5,20 m de largura. É o maior do Viking Museum.

Em seguida fomos no Kon-Tiki Museum, onde encontra-se diversos barcos e artefatos das expedições de Thor Heyerdahl, explorador, zoólogo e geógrafo noruegues.





















Próxima parada foi no Museu Fram, o mesmo homenageia a exploração polar norueguesa e os três grandes exploradores polares noruegueses Fridtjof Nansen, Otto Sverdrup e Roald Amundsen. O navio Fram apresentado é o original, com o interior intacto. Os visitantes podem entrar no navio e observá-lo. O museu conta ainda a história da exploração polar norueguesa, que se confunde com a história mundial da investigação sobre as regiões polares.





















Para terminar a viagem, pegamos nossas mochilas no Hostel e fomos ao terminal rodoviário, e tivemos a noticia de que o onibus ja havia saído as 17:45 e o próximo seria as 19:20, e levaria uma hora do terminal até o aeroporto, sendo que precisávamos chegar no Aeroporto até as 20:05, desta forma tivemos que apelar para o taxi, o que nos custou um valor considerável ja que teríamos que percorrer 66km, mas isso não fez com que esta viagem deixasse de ser sensacional.

E esta foi mais uma viagem pela Europa.

Qual será nosso próximo destino........

2 comentários:

  1. Oi Jean, tudo bom? Saberia me dizer quanto ficou para ir do aeroporto até Oslo? Quantos dias são suficientes pra conhecer bem a cidade? Vc recomenda?

    ResponderExcluir
  2. Ola Vidal,

    A cidade de Oslo é muito interessante. Um dos objetivos desta viagem era Esquiar, mas devido alguns contratempos não consegui. Em 3 dias você consegue conhecer a cidade. Eu não me recordo quanto gastei no onibus, acredito que algo em torno de 17 euros, mas não posso confirmar.

    Abraços

    ResponderExcluir