Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Guinness Storehouse

Depois de mais de um ano morando em Dublin, criei vergonha e fui conhecer a fábrica da Guinness.


A parte da fabrica utilizada para a fermentação da Guinnes entre os anos de 1904 a 1988 hoje tornou-se os 7 andares da Guinness Storehouse, local onde você conhece a história desta cerveja mundialmente conhecida, a qual foi criada no ano de 1759.

O design do prédio é na forma de uma Pint gigante, se o mesmo fosse cheio de cerveja teria capacidade para 14.3 milhões de pints. (pint é um copo com capacidade de 500ml)



No primeiro andar você conhece os quatro ingredientes naturais que compõem a Guinness, sendo Água, Cevada, Lúpulo e Levedura. Depois acompanha os passos da fermentação, maturação até a chegar ao produto final.


















Após conhecer todo o processo de fabricação, no segundo andar você bebe sua primeira amostra da Guinness e aprende a degusta-la da forma correta:



No terceiro andar você conhece as áreas culturais as quais a Guinness patrocina ao redor do mundo, sendo do Hong Kong Sevens (campeonato de Rugby) até o Campeonato de Hurling da Irlanda.



Chegando ao quarto andar você tem a oportunidade de aprender como servir corretamente uma pint de Guinness, infelizmente como fiz a visita no fim da tarde, não pude praticar, mas fica aí o passo-a-passo:





O mais interessante é quando a guinness é servida ela tem esta coloração:




E aos poucos vai mudando:



Mas ela só estará realmente pronta para beber quando ficar assim:



O quinto andar possui as propagandas da Guinness, segue algumas:





















Após toda essa caminhada, todos ficam com sede, então nada melhor que se deliciar com uma pint de Guinness e admirar a paisagem de Dublin no Gravity Bar, último andar da visita:































E este foi mais um ponto de Dublin que levo até vocês.

E a vida segue........

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Killarney - Irlanda

A Irlanda pode ser um país pequeno, mas com certeza tem belíssimos lugares a serem visitados, e Killarney, no condado de Kerry, é um deles.

E foi para lá que fui no último fim de semana (04 e 05 de junho) juntamente com minha amiga Josiane.



Killarney é esta localizada ao Sudoeste da Irlanda, com população Urbana de 13.426 habitantes.


















O principal objetivo da viagem era conhecer Ring of Kerry, uma rota turística com 179 km, o qual começa em Killarney e passa pelas cidades de Killorglin, Cahersiveen, Waterville, Sneem, Kenmare e pela Peninsula de Iveragh

A primeira parte do caminho foi com vista para o mar:



















Com direito a visitar uma Praia de verdade (com areia, mulheres tomando banho de sol, crianças na água...)






























Depois a paisagem muda para montanhas e lagos:






























Dentro desta rota esta situado o Killarney National Park, o primeiro parque nacional criado na Irlanda, O parque tem sido substancialmente ampliado, abrangendo mais de 102,89 km2 (25.425 hectares) de ecologia diversificada, incluindo os lagos Killarney, Carvalho e de Yew e com a cobertura mais extensa de floresta nativa remanescente na Irlanda.

Entre os pontos a serem visitados dentro do parque fui conhecer o Muckross Abbey, um mosteiro franciscano fundado em 1448:























A Torc Waterfall:


E o Ross Castle, castelo construído no final do século 15:

















Este foi mais um pedacinho da Irlanda que visitei, com certeza vale a pena, para os aventureiros de plantão existe trilhas de bike ou a pé para fazer no Ring of Kerry ou dentro do Killarney National Park.

E agora, qual será o próximo destino......

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Liverpool


Na postagem falando sobre minha viagem para Manchester  comentei que continuaria em outra cidade Inglesa, e o destino foi Liverpool, cidade que fica localizada no noroeste da Inglaterra, fundada em 1207 e em 1880 foi concedido o status de cidade. Liverpool é a quarta maior cidade do Reino Unido e a terceira maior na Inglaterra.

A viagem entre Manchester e Liverpool fiz de trem, saindo da Picadilly Station e chegando na Lime Station, a duração da viagem é de aproximadamente 40 minutos.

Lime Station














Cheguei em Liverpool por volta das 20 horas e fui diretamente para hostel, como ficaria apenas uma noite, queria conhecer o famoso The Cavern Club, que foi aberto em 16 de janeiro de 1957 e teve a primeira apresentação dos The Beatles em 9 de fevereiro de 1961.





























Em frente ao The Carvern Club tem o The Carvern Pub, no qual esta o Muro da fama do The Cavern, com o nome de todas as bandas que tocaram ali entre 1957 e 1973, contendo também o nome de algumas bandas que tocaram nos anos 90.


















Na manhã seguinte comecei minha caminhada por Liverpool e a primeira parada foi no estádio do Liverpool, o Anfield. Infelizmente não consegui entrar no estádio, pois o mesmo não estava aberto para turistas neste dia, tive que me contentar apenas com a visita ao museu.

























Retornando ao centro da cidade fui para Albert Dock, complexo de edifícios e armazéns portuários inaugurado em 1846, e foi a primeira estrutura na Grã-Bretanha a ser construída de tijolo fundido, ferro e pedra, sem madeira estrutural.





Hoje Albert Dock é a mais visitada atração multi-uso no Reino Unido fora de Londres, com aproximadamente quatro milhões de visitantes por ano. Entre as muitas atrações no Albert Dock visitei o Merseyside Maritime Museum e o The Beatles Story.

Merseyside Maritime Museum reflecte a importância internacional de Liverpool como uma porta de entrada para o mundo, incluindo o seu papel no comércio transatlântico de escravos e da emigração, a marinha mercante e do RMS Titanic.































The Beatles Story leva você em uma viagem pela vida, a cultura, os tempos e a música dos The Beatles. Você caminha por dentro deste museu, onde tem a recriação de ambientes por onde a Banda passou, como loja de instrumentos musicais, o estúdio onde gravaram seus álbuns entre outras atrações, na entrada do museu você recebe fones de ouvido onde contem a narração de cada fato, podendo escolher entre 8 idiomas (Inglês, Espanhol, Alemão, Francês, Italiano, Russo, Japonês e Polonês)

























Seguindo caminhada fui conhecer o John Lennon Peace Monument, inaugurado em 10 de outubro de 2010, na data a qual celebraria o aniversário de 70 anos de John Lennon.





















A viagem estava se encaminhando para o fim, então tinha que apressar o passo pois ainda tinha que visitar a Liverpool Cathedral, ela começou a ser construída no ano de 1904 terminando em 1978, ela ocupa uma área de 9.687 metros quadrados com 188,7 metros de comprimento.




















Visitando a Cathedral você tem a oportunidade de subir na torre, o ponto mais alto e durante a subida ver os sinos da mesma. Você sobe de elevador até o quarto andar, após troca de elevador e sobe até o décimo andar onde pode ver os sinos eles estão a 67 metros de altura e pesam 31 toneladas, são os sinos de igreja localizados em maior altitude e mais pesados.


Após a vista dos sinos restavam apenas 108 degraus até chegar ao topo da torre, no qual você tem a visão completa de Liverpool.


















Retornando a Cathedral, você tem acesso ao museu e uma visão diferente do interior da mesma.


















Bom, chegou a hora de se despedir de Liverpool e retornar para Dublin.



Ps.: tem mais fotos de Liverpool em meu álbum do picasa 

E a vida segue.......