Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 30 de março de 2010

Neve em Dublin em 30/03/2010

Isso mesmo caro leitores, o título deste post esta correto.

Hoje 30/03/2010 nevou em Dublin, ta certo, não é aquela neve que vemos em filmes ou em reportagens, que a neve se acumula no chão formando aquele tapete branco... Mas para quem vem de um pais tropical e que nunca viu nevar, você acordar as 6:50 da manhã, olhar pela porta da sacada do apartamento e ver flocos de neve, mesmo que pequenos e quando caem no chão logo derrete, é muito legal.

video

Ok, passado o deslumbramento por ver neve em pleno mês de março, voltei a realidade, tomar banho, café e encarar o frio. Pois se a garoa esta congelando e virando neve, é sinal de que esta bem frio na rua. Pelo que observei nos carros que passavam enquanto fui para aula, em pontos mais altos de Dublin nevou realmente, pois os carros tinham camadas de neve sobre o teto.

Retornei da aula, com muito vento, uma garoa chata acompanhada de muito frio, tinha que revezar a mão do guarda-chuva para esquenta-la no bolso da jaqueta. Ta bom pode me chamar de otário por não ter saído de luva. Chego em caso preparo meu lanche, como e venho para o computador. Quando de repente começa a nevar novamente, não igual de manhã, mas tinha neve, conforme podem ver nas fotos abaixo.














Ahhh, chegou meu extrato bancário hoje, isso indica que essa semana devo conseguir fazer meu Gnib. Mas isto ficará para outro post.

See you...

segunda-feira, 29 de março de 2010

7º ao 12º Dia em Dublin - Resumão

Não há muitas novidades do sétimo dia em diante, por este motivo resolvi postar um resumão, vamos lá:

- Quarta e Quinta 24 e 25/03 foi comum, procura de Apartamento via internet de manhã, preparar curriculo, aula a tarde e a noite retornar ao computador. Fui informado que a partir do dia 29/03 minha aula foi transferida para o turno matutino, o que me deixou feliz, assim levanto mais cedo e tenho a tarde e noite livre. Minha aula ficou das 9 as 12:50 de segunda a sexta.

- Sexta 26/03 vieram até o apartamento, que estou morando provisoriamente, alguns amigos do Lenilson e da Michele, três Brasileiros e um Irlandês. Foi a noite da pizza e claro só falando em Inglês, fiquei feliz por compreender as conversas e poder participar das mesmas.

- Sábado, 27/03 fui ver dois apartamentos, ambos são bons mas com características diferentes quanto a preço, proximidade do centro e moradores. Esta semana decidirei.

- No Domingo dia 28/03 andei pela primeira vez de LUAS, metro sobre a terra aqui de Dublin, para ir ao Cinema no Shopping Dundrum (maior shopping da Irlanda). Assisti o filme Leap Year, não vou contar pois deve ir para o Brasil, eu acho. Acredito que entendi de 30% a 40% do contexto dos diálogos do filme. Ahhh hoje começou o horário de verão na Irlanda o que signifca que o fuso horário para o Brasil esta em 4 horas, e vai ficar assim até dia 31 de outubro.

- Hoje 29/03 chegou meu PPS, agora ja posso procurar emprego. E chegou também minha senha do banco, a primeira das 3 cartas que receberei (senha, cartão e extrato).

É isso aí pe-pe-pessoal...

sábado, 27 de março de 2010

Sexto Dia em Dublin

Agora os dias começam a ficar mais iguais, mais "normais".

Na parte da manhã fui abrir minha conta no banco, mas um desafio do Idioma. Mas foi tudo certo, sem problema. Eu preciso abrir uma conta em um Banco da Irlanda para poder pegar meu visto de um ano, o comprovante desta conta será o Extrato Bancário. A diferença é que tenho que esperar 2 semanas para que o extrato chegue via correio. Pois isso serve como prova de que eu estou morando no endereço que informei na conta bancária.

Após chegar esse extrato eu irei na imigração fazer o GNIB (visto), dizem que perde-se muito tempo para fazer isso, quando fizer comentarei aqui no blog.

Depois que abri a conta no banco fui na Social Welfare fazer o PPS (Personal Public Service Number), seria algo parecido com o CPF no Brasil. Do banco até a Social Welfare foi cerca de 30 minutos caminhando, fica do lado oposto onde estou morando, quando lá cheguei tinha 19 pessoas na minha frente, era para ser algo rápido, só que foram uma hora e quarenta minutos de espera e 5 minutos para preencher o formulário e deixar tudo pronto, e como os outros documentos ele será enviado via correio.

Depois passei em casa fiz um lanche para ir para aula novamente.

A vida esta tornando-se mais normal agora, mas ainda parece férias. Espero que o PPS chegue logo para eu poder arrumar emprego.

E a vida segue.......

quinta-feira, 25 de março de 2010

Quinto Dia em Dublin

Hoje o dia foi mais "normal".

Durante a manhã fiquei em casa procurando algum apartamento via internet.
A tarde fui para Escola fazer o teste de Inglês, quando chego na recepção me deparo com um casal de brasileiros, vindos de Curitiba que iriam fazer o teste também.

Este teste consistia em assinalar qual palavra ou verbo era correto para a frase. Depois teve o mesmo método só que em um texto. Antes de entregar o teste a recepcionista explicou sobre a documentação necessária para ficar em Dublin e essa conversa ja serviu para testar o nosso Inglês também.

Ao final do teste entreguei o mesmo na recepção e fiquei aguardando a correção, depois convidaram se eu ja queria assistir a aula, como não tinha mais nada para fazer, fui assistir a aula.

Na sala tem 5 Brasileiros (6 comigo) 2 Japoneses e uma Koreana.

O Professor é o Fergus, Irlandes.

E foi isto, um dia mais normal.

terça-feira, 23 de março de 2010

Quarto Dia em Dublin (Domingo)

Domingãooo dia de ficar em casa, mofando na frente da TV, sem fazer nada, certo???

Erradooooo. Vamos conhecer as montanhas no Condado de Wicklow. Para inicio da viagem pegamos o DART, que é o trem aqui em Dublin.


Chegamos em Bray, litoral de Dublin, aproveitamos para tirar umas fotos na praia enquanto aguardavamos a Talita chegar, uma brasileira que esta a um ano e dois meses em Dublin trabalhando como Au Pair. Notem que não tem areia, a praia é cheia de pedrinhas.









































A Talita (Gaucha, natural de Encantado) veio de carro nos buscar para conhecermos o Condado de Wicklow, pois é muito longe de Dublin, ela mora Roundwood que fica a 238 metros acima do nivel do mar, sendo uma das vilas situadas em maior altitude na Irlanda.


Nossa primeira parada foi em Glendalough, um vale glacial, onde visitamos um cemitério, torre e ruinas da igreja. Essas construções foram feitas durante os séculos VIII e XIII e faziam parte de um conjunto monasterial.

Igreja


Ruínas da Catedral

Cemitério

Torre possui 30 metros de altura

Depois visitamos o lago superior de Glendalough, ele fica situado antes do vilarejo e teve sua formação durante a era glacial. Existe várias trilhas a serem feitas nas montanhas para conhecer um pouco mais das história deste vale. Com certeza retornarei no verão para caminhar e ter muito mais fotos.


Quem se interessar em saber mais sobre este vale acesse http://en.wikipedia.org/wiki/Glendalough

Após a chuva passageira fomos conhecer o reservatório de água de Dublin e a central de tratamento de água.

 Reservatório

Central de tratamento

Depois subimos as montanhas para conhecer o Lough Tay ou popularmente conhecido o Lago Guinness, devido sua cor escura lembrar a cerveja mais popular da Irlanda.



No mesmo caminho passamos no local onde foi gravado algumas cenas do filme PS I Love You.


Para finalizar o passeio paramos em um Pub, claro, para tomar uma Guinness e comer algo.

Quero agradecer a Talita por ter nos proporcionado esse passeio.


Valeu Taliiiii vamos retornar no verão para fazer as trilhas.


segunda-feira, 22 de março de 2010

Terceiro dia em Dublin (Sábado)

Depois de muito andar no dia anterior e por ser sábado tirei a manhã de folga, junto com o Lenilson e a Michele (que estão me hospedando em Dublin). Levantamos mais tarde, fizemos um lanche, navegamos na net e decidimos que iríamos ver o jogo de Rugbi em um pub.

Fomos para o Pub The Porter House assitir o jogo Irlanda X Escocia. Ja estou aprendendo as regras, ja que é a paixão dos Irlandeses. Os Pubs aqui são legais, o ambiente sempre fica em meia luz, com decorações diferenciadas, vários tipos de cerveja para escolher, muitos com cerveja de fabricação própria. Confesso que o estilo dos pubs aqui não seria aprovado por exemplo em Rio do Sul, devido as normas de segurança do Plano Diretor.
















Quando terminou o jogo fomos no pub D2 que fica mais próximo do apartamento e tinha cerveja Guinness. Para ela descer ainda mais macia pedimos uma porção de nachos. E realmente ela ficou ainda melhor, pois os nachos estavam beeeem apimentados. Só para lembrar o copinho abaixo é uma Pint (lê-se paint) e ele possui nada menos que 500ml, e essa espuma continua até você terminar de tomar toda a cerveja.




 

Este foi meu primeiro de muitos sábados que pretendo passar em Dublin. Espero que estejam gostando do blog, qualquer sugestão fiquem a vontade.

See you....

Motivos e Explicações

Este deveria ser o primeiro post, mas como todos perguntam como foi a viagem postei primeiro sobre ela.
Agora vamos esclarecer um pouco sobre os motivos de viajar.

Sempre tive vontade de fazer uma aventura destas, conhecer novas culturas, pessoas, lugares e claro minha mãe não me aturava mais em casa (brincadeiraaaaa). Antes sempre tinha ficado só em planos, após um casal de amigos (Lenilson e Michele) virem para Irlanda, fiquei empolgado, conversei muito com eles sobre como era, como foi para vir, dificil, fácil..... enfim comecei a ler sobre a Irlanda, Dublin, analisar custos, prós e contras, até que tomei a decisão EU VOUUUU.

Após esta decisão escutei muitas vezes:

Mas Jean o que você vai fazer na Irlanda???
Não estas feliz no Brasil???
Vais usar saia também????
Tens emprego lá?
Vais morar onde??
Lá é muito frio, tais doido, vais ficar quanto tempo???

E as respostas respectivamente eram:

- Vou estudar Inglês, procurar trabalho para me manter e viajar. Em resumo vou VIVER.
- Sim estou feliz, gosto do Brasil, mas tenho que sair da minha zona de conforto, estou muito acomodado.
- Não, não vou usar saia. Saia é na Escócia eu vou para Irlanda, e não é saia é Kilt (http://pt.wikipedia.org/wiki/Kilt)
- Ainda não tenho emprego, vou procurar.
- A princípio vou morar na sala de um casal de amigos, até achar uma casa para morar.
- Sim é frio, não estou doido, e pretendo ficar no mínimo um ano.

Basicamente essas eram as perguntas mais comuns. Hoje estou morando com o Lenilson e Michele e outro casal de Brasileiros, com isso economizei o dinheiro de uma Hostfamily, mas é provisório, estou dormindo na sala deles até encontrar um apartamento para dividir.

É isso aí, hoje começa as aulas, vou fazer o teste para eles analisarem o nível do meu Inglês para ver em qual turma me encaixo e a partir de amanhã começa as aulas valendo. Por enquanto estudarei a tarde, quando arrumar emprego verei qual turno ficará melhor.

E a vida segue......

domingo, 21 de março de 2010

Segundo Dia em Dublin

Como citei no outro post o primeiro dia foi dormindo, agora chega, ja descansamos vamos andar.

Tempo nublado (normal por aqui) 10:40, mapa na mão, objetivos traçados: conhecer o caminho até a escola, se as cartas que escola fornece estiverem pronta abrir conta no banco, fazer carteira de estudante e passear na cidade.

Caminho até a escola tranquilo, sem problemas, é só seguir o Grand Canal.


Após uns 20 minutos aproximadamente com paradas para fotos (que estão no orkut) chego a escola. The Language House.


Converso com a recepcionista, que seu novo aluno, então ela comunica que devo retornar na segunda-feira apartir das 14 horas, me da um formulario da Carteira de Estudante para preencher, um mapa da área central de Dublin e diz que tenho que ir na Trinity College fazer a Carteira. Só que ela não diz em que lugar na Trinity tem que fazer, caminho até lá e vejam o tamanho da Universidade. As fotos tirei do pátio central. O campus ocupa 190 000 metros quadrados, é uma universidade, fundada em 1592 pela Rainha Isabel I, no local onde se situava um antigo mosteiro agostiniano.




























Diante do tamanho da universidade e sem placas de informação vamos praticar inglês, entrei em uma Liquidação de Livros, e sou informado para ir em uma sala antes, sou atendido por duas senhoras simpáticas que indicam que devo ir na Sala 06, agora siiiiiim. Chego na sala 06 entrego o formulário, preencho mais alguns dados, tiro foto, pago 15,00 euros e estou com a carteira na mão. Agora ja posso ter desconto nos cinemas e trasnporte público.

Como as cartas na Escola não estavam prontas para abertura de conta no banco, vamos conhecer Dublin.
Foram várias horas caminhando, segue alugmas fotos.

Dublin Castle (é um importante complexo governamental irlandês, antiga sede fortificada do governo britanico na Irlanda até 1922, mais informações http://pt.wikipedia.org/wiki/Dublin_castle)

Christchurch (A catedral foi construída em 1038 pelo Rei Sitric Silkenberar, o Reib Viking, em Dublin, mais informações http://pt.wikipedia.org/wiki/Catedral_da_Sant%C3%ADssima_Trindade_%28Dublin%29)

Rio Liifey (Rio Irlandes que nasce perto de Kippure, uma montanha no condado de Wicklow e percorre cerca de 125 km pelos condados de Wicklow, Kildare e Dublin antes de desaguar no Mar da Irlanda, divide Dublin em Norte e Sul)

Spire (monumento com 120 metros de altura, situado na rua O'Connell Street

Neste momento acabou a bateria da camêra então era hora de voltar para o apartamento e esticar as pernas, pois não preciso conhecer tudo de uma vez só, terei tempo para isto ainda.

E a vida segue........

sábado, 20 de março de 2010

Primeiro dia após a chegada

Para me recuperar da viagem e se adequar ao fuso horário (+ 3 horas), o primeiro dia após a chegada foi descansando. Dormi até as 14 horas kkkkkk, friozinho bãoo para dormir.

Meu objetivo para esse dia era comprar um chip de celular, dar uma volta na Grafton Street e ir na Escola. Como levantei tarde fiquei só com as duas primeiras partes do plano.

Comprei o chip da Vodafone (9,99 euros) e vinte euros de crédito. A vodafone é a empresa de telefonia movel mais utilizada por Brasileiros, você se cadastra em uma promoção na qual pode fazer ligações e mandar mensagens de texto grátis para outros telefones Vodafone, e o custo da ligação para telefones fixos no Brasil é 0,09 euros por minuto.

Neste dia não tirei fotos, estava mais preocupado em não me perder kkkkkk

E a vida segue......

Início da Viagem

Minha viagem para Dublin teve início com um vôo de Florianópolis até São Paulo, com a TAM.

Chegada no Aeroporto, familia reunida, check in feito, malas despachada, aguardar mais um tempinho, até que chega a hora da despedida. Não há como segurar, as lágrimas rolam pelo rosto durante os abraços e as palavras de carinho. Mas não tem mais volta, respira fundo e vamos em frente.

Vôo foi tranquilo sem problemas, chegando em Guarulhos minha conexão iria demorar 5 horas. Aproveitei para declarar os artigos eletronicos da Receita Federal, dar uma volta no aeroporto, tentar achar internet gratuita (mas não tem), jantar, fazer check in e caminhar para a área de embarque internacional.

Após passar pela alfandega chega os Duty Free, tinha vários, um só de artigos do Brasil. Como teria que esperar cerca de 2 horas, aproveitei para ver um filme no laptop, de vez em quando observava pelo vidro o avião da Ibéria sendo carregado, ele seria meu próximo vôo.

Embarque feito, eis que vem a duvida, quem sentará ao meu lado....
Chegando ao meu assento vejo que seria um senhor de mais idade. Ja pensei, espero que ele não ronque e nem fique encomodando. Decolagem feita, aviso de soltar os cintos liberado, aproveitei para dormir, mas antes precisava ir ao banheiro, então peço licença ao senhor ao meu lado, e descubro que ele é espanhol (viajar na janela é assim, tem que encomodar os outros quando quer sair). Voltei e peguei no sono, quando sou acordado pelo velhinho avisando da janta, ele ja estava comendo. Então ele chama a aeromoça e pede para ela trazer comida (velhinho show esse), ela pede o que eu quero, pergunto o que tem?, ela fala duas opções e eu só entendo Pasta e foi o que pedi.


Agora sim, é só dormir....
Sono meio conturbado, acordava, olhava pela janela, continua tudo igual, escuro, vamos dormir novamente, e assim vai.....

5:30 da manhã (horário do brasil) acordo com o Sol aquecendo a janela ao meu lado, abro a cortina para olhar, ainda estamos sobre o oceano.



6 horas vem o café da manha...


Algum tempo depios, olho na janale ja vejo terraaaa, eee chegamos em Madri.


Aterrisagem feita, hora de acertar o relógio, 11:15 (la se foi 4 horas). Aeroporto de Madri gigante, vejo minha passagem, tenho que achar o portão H. Passo pela imigração, sem problema, mas tive que tirar laptop da mochila, tirar tenis, cinto, relógio, achei que teria que ficar nú ali, mas não precisou ufaaa. Agora onde esta a encrenca do portão H, vou pedir informação, aaahhh o senhor vai para Dublin, então é o portão U57. Beleza, chego no portão esta vazio, peço informação no balcão da Ibéria, e me avisam que logo estarão abrindo, aproveito para ir ao banheiro e comprar água, volto 10 minutos depois tem uma funcionária no portão de embarque apresento a passagem, ela sai correndo no tunel de embarque, quando retorna diz que eu estava atrasado. Não questionei, apenas desci o tunel e me deparo com um onibus para me levar ao avião. O onibus passa por sob a pista do aeroporto, pois o avião para Dublin fica do outro lado do aeroporto, só para vocês terem um noção do tamanho do aeroporto.


Embarque feito, vou de Ibéria novamente, mais 2:30 até Dublin. Algumas cochiladas no vôo, esse não comi nada, pois tinha que pagar heheheh. Aterrisagem feita em Dublin e chega a hora da imigração, vamos lá, respira fundo pega os papéis e vai para fila. Chega minha vez, apresento o passaporte e a mulher fala algo que não entendi, What??? Então ela pergunta qual o motivo de estar na Irlanda. To study English eu digo. Preciso da carta da escola (essa eu entendi), apresentei a carta, ela tirou uma foto minha e tudo pronto, eeeeee consegui entrar, agora vamos ver se minha mala esta na esteira kkkkkkk.

Quando chego perto da esteira ja vejo um rosto conhecido, é minha afilhada Michele que estava chegando em Dublin e me aguardava no aeroporto. Cumprimentos feitos, vamos as malas, vivaaaa estavam as duas ali. Agora vamos conhecer o caminho até em casa. Michele toma a frente de tudo, pegamos um busão para chegamos até perto do apartamento, mas devido ao desfile do St. Patrick Day tivemos que parar antes e seguir a pé. Foi sofrido, malas pesadas, cansaço da viagem, muita gente na Rua, mas tudo certo chegamos.

A noite fomos aproveitar o fim das comemorações do St Patrick Day, passear na Grafton Street, Temple Bar, e claro tomar a primeira Guiness.

Bom essa foi minha história da chegada em Dublin. Muito mais virá.

Aguardem......