Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 20 de março de 2010

Início da Viagem

Minha viagem para Dublin teve início com um vôo de Florianópolis até São Paulo, com a TAM.

Chegada no Aeroporto, familia reunida, check in feito, malas despachada, aguardar mais um tempinho, até que chega a hora da despedida. Não há como segurar, as lágrimas rolam pelo rosto durante os abraços e as palavras de carinho. Mas não tem mais volta, respira fundo e vamos em frente.

Vôo foi tranquilo sem problemas, chegando em Guarulhos minha conexão iria demorar 5 horas. Aproveitei para declarar os artigos eletronicos da Receita Federal, dar uma volta no aeroporto, tentar achar internet gratuita (mas não tem), jantar, fazer check in e caminhar para a área de embarque internacional.

Após passar pela alfandega chega os Duty Free, tinha vários, um só de artigos do Brasil. Como teria que esperar cerca de 2 horas, aproveitei para ver um filme no laptop, de vez em quando observava pelo vidro o avião da Ibéria sendo carregado, ele seria meu próximo vôo.

Embarque feito, eis que vem a duvida, quem sentará ao meu lado....
Chegando ao meu assento vejo que seria um senhor de mais idade. Ja pensei, espero que ele não ronque e nem fique encomodando. Decolagem feita, aviso de soltar os cintos liberado, aproveitei para dormir, mas antes precisava ir ao banheiro, então peço licença ao senhor ao meu lado, e descubro que ele é espanhol (viajar na janela é assim, tem que encomodar os outros quando quer sair). Voltei e peguei no sono, quando sou acordado pelo velhinho avisando da janta, ele ja estava comendo. Então ele chama a aeromoça e pede para ela trazer comida (velhinho show esse), ela pede o que eu quero, pergunto o que tem?, ela fala duas opções e eu só entendo Pasta e foi o que pedi.


Agora sim, é só dormir....
Sono meio conturbado, acordava, olhava pela janela, continua tudo igual, escuro, vamos dormir novamente, e assim vai.....

5:30 da manhã (horário do brasil) acordo com o Sol aquecendo a janela ao meu lado, abro a cortina para olhar, ainda estamos sobre o oceano.



6 horas vem o café da manha...


Algum tempo depios, olho na janale ja vejo terraaaa, eee chegamos em Madri.


Aterrisagem feita, hora de acertar o relógio, 11:15 (la se foi 4 horas). Aeroporto de Madri gigante, vejo minha passagem, tenho que achar o portão H. Passo pela imigração, sem problema, mas tive que tirar laptop da mochila, tirar tenis, cinto, relógio, achei que teria que ficar nú ali, mas não precisou ufaaa. Agora onde esta a encrenca do portão H, vou pedir informação, aaahhh o senhor vai para Dublin, então é o portão U57. Beleza, chego no portão esta vazio, peço informação no balcão da Ibéria, e me avisam que logo estarão abrindo, aproveito para ir ao banheiro e comprar água, volto 10 minutos depois tem uma funcionária no portão de embarque apresento a passagem, ela sai correndo no tunel de embarque, quando retorna diz que eu estava atrasado. Não questionei, apenas desci o tunel e me deparo com um onibus para me levar ao avião. O onibus passa por sob a pista do aeroporto, pois o avião para Dublin fica do outro lado do aeroporto, só para vocês terem um noção do tamanho do aeroporto.


Embarque feito, vou de Ibéria novamente, mais 2:30 até Dublin. Algumas cochiladas no vôo, esse não comi nada, pois tinha que pagar heheheh. Aterrisagem feita em Dublin e chega a hora da imigração, vamos lá, respira fundo pega os papéis e vai para fila. Chega minha vez, apresento o passaporte e a mulher fala algo que não entendi, What??? Então ela pergunta qual o motivo de estar na Irlanda. To study English eu digo. Preciso da carta da escola (essa eu entendi), apresentei a carta, ela tirou uma foto minha e tudo pronto, eeeeee consegui entrar, agora vamos ver se minha mala esta na esteira kkkkkkk.

Quando chego perto da esteira ja vejo um rosto conhecido, é minha afilhada Michele que estava chegando em Dublin e me aguardava no aeroporto. Cumprimentos feitos, vamos as malas, vivaaaa estavam as duas ali. Agora vamos conhecer o caminho até em casa. Michele toma a frente de tudo, pegamos um busão para chegamos até perto do apartamento, mas devido ao desfile do St. Patrick Day tivemos que parar antes e seguir a pé. Foi sofrido, malas pesadas, cansaço da viagem, muita gente na Rua, mas tudo certo chegamos.

A noite fomos aproveitar o fim das comemorações do St Patrick Day, passear na Grafton Street, Temple Bar, e claro tomar a primeira Guiness.

Bom essa foi minha história da chegada em Dublin. Muito mais virá.

Aguardem......

Um comentário:

  1. que bom!! to indo pra Dublin em julho/2010, só que vou Rio-Paris-Dublin. Eu qndo estive em Madrid fazendo conexão de Barcelona, me perdi...hahaha ninguém me dava um rumo certo, mas no final consegui pegar meu voo..heheh
    Tudo de bom pra vc e já adicionei o seu blog ns meus favoritos...hehehe

    ResponderExcluir