Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Roma - Itália

Quando você esta viajando de avião existe algumas paisagens incríveis que podem ser observadas, as quais você, as vezes, não terá uma segunda chance de ver:

















Desde que comecei minhas viagens pela Europa sempre falei que Itália seria um dos Países que eu mais visitaria e após um mês de espera para lá retornei. Desta vez, como diz o título da postagem, fui para Roma e o principal motivo por esta escolha foi a minha amiga irmã Aline, que estaria lá nos mesmo dias.

Meu voô foi para o Aeroporto Ciampino, o transfer até Roma Termini (Estação Central) dura cerca de 45 minutos e custa € 4,00 (apenas ida) pela companhia Terravision.

Chegando no hostel (Alessandro Downtown) encontrei a Aline e fomos visitar o Museu do Vaticano, para nos descolarmos em Roma utilizamos o metro, o ticket para um dia custa € 4,00.


O museu do Vaticano, fundado no início do Século XVI pelo Papa Julius, esta entre os maiores museus do Mundo por conter uma imensa coleção construída pela Igreja Católica ao longo dos séculos, incluindo as mais renomadas esculturas clássicas e as mais importantes peças da arte renascentista do mundo. A entrada no museu custa € 15,00 com desconto para estudante fica € 8,00










Algo que chama muita atenção durante toda a visita pelo museu é o trabalho feito no teto do mesmo:







A visita ao Museu do Vaticano termina com a visita a Capela Sistina, situada no Palácio Apostólico, residência oficial do Papa na Cidade do Vaticano. É famosa pela sua arquitetura, inspirada no Templo de Salomão do Antigo Testamento, e sua decoração em afrescos, pintada pelos maiores artistas da Renascença, incluindo Michelangelo, Rafael, Bernini e Sandro Botticelli. A capela tem o seu nome em homenagem ao Papa Sisto IV, que restaurou a antiga Capela Magna, entre 1477 e 1480. Desde a época de Sisto IV, a capela serviu como um lugar tanto para religiosos, como funcionários para atividades papais. Hoje é o local onde se realiza o conclave, o processo pelo qual um novo Papa é escolhido.

Infelizmente não é permitido tirar fotos ou fazer filmagens e os seguranças da Capela são autorizados a confiscar qualquer fotografia ou filmagem feita.

Encerrada a visita ao Museu fomos a Basílica de São Pedro, que fica localizada na Praça com o mesmo nome.



























A Basílica de São Pedro começou a ser construída em 18 de abril de 1506 e teve seu conclusão em 18 de novembro de 1626, ela possui o maior interior de todas as igrejas cristãs do mundo. A Basílica não é a sede  oficial do Papa, mas é considerada a principal igreja do Papa pois a maioria das cerimonias acontecem aqui devido sua proximidade a residência Papal, devido ao seu tamanho e pelo fato de estar localizada no interior das muralhas do Vaticano.


















Após a visita a Basílica fomos para o Pantheon, o mesmo foi encomendado por Marcus Agrippa como um templo para todos os deuses da Roma Antiga, e reconstruído pelo imperador Adriano em cerca de 126 DC. Quase dois mil anos depois que ele foi construído, a cúpula do Pantheon é ainda a maior do mundo  feita em concreto não armado, sendo um dos mais bem preservados de todos os edifícios romanos. Ele esta  em uso contínuo ao longo de sua história, e desde o século VII, foi usado como uma igreja católica romana dedicada a "Santa Maria e os Mártires", mas informalmente conhecida como "Santa Maria Rotonda"



















Depois de muito andar, chegou a hora da janta, e nada melhor que saborear a verdadeira Pizza Italiana, lembrando que na Itália é comum pedir uma pizza para cada, e como somos bons de "garfo", vamos seguir a tradição.


Na manhã seguinte começamos nosso roteiro pelo Castelo Santo Angelo, inicialmente chamado de  Mausoléu de Hadrian, foi encomendado pelo imperador romano Adriano como um mausoléu para si e sua família, mais tarde utilizado pelos papas como uma fortaleza e castelo, e é agora um museu.





























A construção do mesmo foi entre 135 e 139DC. No início do século XIV o Papa Nicholas III construiu um corredor conectando o castelo ao Vaticano, chamado de Passeio de Borgo.


 
Em Roma tem muitas praças a serem visitadas, entre elas:

Piazza Navona:




















Piazza Santa Maria del Popolo:

















 Piazza Repubblica:
















Piazza Venezia:
















Esta postagem esta ficando muito longa, então vou deixar para a próxima as últimas visitas em Roma.

E a vida segue.......

2 comentários:

  1. show de bola!!!

    ResponderExcluir
  2. Aii, uma viagem cheia de surpresas, mas mesmo assim ootema!

    ResponderExcluir