Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Dois Meses em Dublin

17 de Março de 2010 desembarquei em terras Irlandesas, estava iniciando a aventura em Dublin.

A busca de um novo idioma...
A busca pelo novo...
A busca por desafios...
A busca pelo desconhecido...
A busca do autoconhecimento....
 
Hoje paro e vejo que dois meses ja se passaram, dois meses longe da família, da terra natal, dos amigos Brasileiros. Dois meses em um local totalmente diferente do que estava habituado, outro idioma, outras culturas, outras caras, outro clima, enfim outro tudo.

Após dois meses olho para trás e vejo que muito ja fiz, mas isso é apenas o começo, tenho muito por fazer.
Não cheguei até aqui em vão, e sei que posso muito mais.

A experiência de estar morando em outro país é algo que não pode ser facilmente descrita com palavras, acredito que só vivenciando isso para poder compreender a verdadeira essência. Não é só um "novo mundo" que se abre diante de seus olhos, é muito mais....  é perceber que você é mais forte do que imaginava, é ter certeza que você pode ir mais além, enfim é CRESCER.

Abaixo segue um poema que resume um pouco de tudo isso.

“Sonhe aquilo que você quiser
Seja o que você quer ser
Porque você possui apenas uma vida
E nela só se tem uma chance
De fazer aquilo que se quer
Tenha Felicidade bastante para fazê-la doce
Dificuldades para fazê-la forte
Tristeza para fazê-la humana
E esperança suficiente para fazê-la feliz
As pessoas mais felizes
Não têm as melhores coisas
Elas sabem fazer o melhor
Das oportunidades que aparecem em seus caminhos
A felicidade aparece para aqueles que choram
Para aqueles que se machucam
Para aqueles que buscam e tentam sempre
E para aqueles que reconhecem a importância
Das pessoas que passam por suas vidas
O futuro mais brilhante
É baseado num passado intensamente vivido
Você só terá sucesso na vida
Quando perdoar os erros
E as decepções do passado
A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
Duram uma eternidade...“
(Clarice Lispector)

A vida é um livro em branco, e você é o autor de sua História....

Um comentário: