Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 8 de maio de 2010

Fim de semana prolongado

Conforme comentei no outro post, o primeiro fim de semana de maio em Dublin é maior, pois a primeira segunda-feira de maio é Bank Holiday (tipo um feriado).

Sobre a sexta-feira já comentei, agora vamos aos outros dias.

Sábado de manhã o Eduardo foi ao Aeroporto encontrar a Nicole, amiga dele que estava morando na Escócia, e agora vai fazer um mochilão na Europa. Ela ficou em nosso apartamento durante a sua visita a Dublin.

Durante o dia aproveitei para descansar e fazer o post referente a sexta-feira. A noite os Koreanos voltaram a nos visitar e mais alguns Brasileiros. Após algumas cervejas, para não perder o costume, fomos para os pubs. Os pubs aqui em Dublin fecham relativamente cedo, grande parte começa a fechar a partir das 2:30 da madruga, alguns ficam no máximo até as 3:30. Desta forma voltamos cedo para casa.

No domingo aproveitei para conversar com a família via MSN e para assistir o filme O Poderoso Chefão 1 (agora falta o 2 e 3), a noite nada de visitas, mas o Eduardo, Nicole e Eu fomos para o Pub Living Room que fica próximo ao apartamento. Saímos só para não dizer que passamos o domingo em casa, e não poderíamos abusar pois a segunda-feira prometia.

Segunda as nove da matina, hora de levantar, tomar café e se preparar para a aventura. O Eduardo havia combinado com um casal de Brasileiros que moram em Bray, para fazermos um churrasco e conhecer o Bray Head.

No Spire (http://pt.wikipedia.org/wiki/Spire_of_Dublin) encontramos o restante do pessoal que iria junto e rumamos a estação para "pegar" o trem.


Após 40 minutos de viagem, e muitas risadas chegamos em Bray.







































Sol, Cerveja e Churrasco, me senti quase no Brasil, se não fosse o detalhe de estar falando Inglês. 
Saciei um pouco da vontade de comer carne, mas ainda não foi o suficiente preciso de mais heheheh

























Depois do almoço começou a caminhada, a primeira parada foi na Praia de Bray (ja falei aqui sobre a mesma http://jeannaeuropa.blogspot.com/2010/03/quarto-dia-em-dublin-domingo.html).

























Em seguida rumamos para a montanha, caminhamos aproximadamente uma hora até chegar ao topo. O Bray Head é uma montanha com 241 metros de altura, no topo há uma cruz de concreto que foi colocada lá em 1950 durante o Ano Santo (o ano santo ou jubileu, para os cristãos, foi criando pelo Papa Bonifácio VIII, como sendo um ano para remissão dos pecados e perdão universal, a partir de então os Anos Santos são comemorados a cada 25 ou 50 anos). Na Sexta-Feira Santa, centenas de pessoas caminham em procissão até o topo do Bray Head para fazer as estações da cruz.

























A visão lá de cima é muito linda.

















































Depois de apreciar a paisagm e tirar muitas fotos, hora de descer e voltar para o centro de Dublin, pois tinha mais compromisso na agenda.

Chegamos ao apartamento 20:20, foi só o tempo de comer algo e sair novamente, pois prometi a Nicole que iria assistir uma apresentação de dança Irlandesa com ela. Adivinhem onde??? Claro em um PUB.

Antes da apresentação tinha uma banda tocando musica tradicional Irlandesa, após começou a dança.
Terminou a apresentação, ainda era cedo, cerca de 22:30, o que fazer, ó dúvida cruel, vamos procurar outra banda, claro, em outro Pub. Então fomos ao The Porter House e ele não decepcionou, tinha uma banda muito boa tocando. Após a banda terminar a Nicole foi tirar foto com eles, quando recebeu a péssima noticia de que o Vulcão na Icelandia, tinha voltado a incomodar, e o espaço aéreo Irlandes estava fechado.

Voltamos rápido para casa, pois ela teria vôo para as 19 horas do dia seguinte, e precisávamos saber se isso era verdade. Chegando em casa e consultando na internet constatamos que sim, era verdade, e todos os vôos de Dublin estavam cancelados até as 14 horas de terça-feira.

Desta forma, falei para a Nicole não se preocupar, teríamos que aguardar mais notícias, pois poderia ser algo passageiro, e caso o vôo dela fosse cancelado teria outra maneira de sair da Irlanda. Então criei outra rota para ela chegar até a Escócia, de onde poderia continuar com sua viagem. Não foi fácil, mas valeu a experiência, consultar horários de trem, ferry boat, onibus, ver de onde parte para onde vai e calcular quanto tempo levaria.

Resumindo ficamos fazendo esta analise até as duas da madruga e terça-feira não era feriado heheheh, mas tudo bem, nada melhor que ajudar os amigos. Fiquei feliz por saber que no fim deu tudo certo, no inicio da tarde o espaço aéreo foi reaberto e ela pode viajar tranquila para Escócia e continuar seu passeio.

E esse foi mais um final de semana agitado em Dublin.

Um comentário:

  1. Acompanhando o seu blog..:) em breve será a minha vez em Dublin

    ResponderExcluir